Quem escreve


   Nasci em Belo Horizonte em uma tarde de março em 1998, atualmente moro em Viçosa, no interior de Minas GeraisAdoro inverno pra usar coturno, planejar coisas, cigarro com filtro e açaí. Sou uma INTJ, sou míope, ateísta e asmática. 
   Detesto conversas superficiais e se você começar a conversar comigo sobre fofocas, sobre o irmão do vizinho do seu primo, ou sobre como tal pessoa engordou, automaticamente irei começar a pensar sobre qualquer coisa ou teoria das muitas na minha cabeça e me desligarei do mundo, no final vou responder um "aham" e fingir que prestei atenção nessas asneiras. 
   Adoro reggae, mas ouço de tudo, provavelmente devo ter passado daquela fase de brigar por estilo musical e tentar parecer culta. Não entendo de futebol, não entendo a maneira como as pessoas se tornam dependentes das outras, de dietas, e muito menos de cozinhar.
   Sou muito calculista (e isso não é sinônimo de ser fria, quem fala isso é pré-adolescente que ouve Legião Urbana), o que me faz ter dificuldade em relaxar, por isso costumo meditar periodicamente e ouvir jazz para tentar ficar de boas. Tenho o hábito de riscar os dias toda manhã no calendário da minha parede, de evitar assuntos casuais com gente normal e de jogar quando estou estressada. Não há nada que me irrite mais do que caridade cristã forjada e frases prontas.
   Minha posição política tende a centro-esquerda, embora eu ache que essa convenção não faça mais sentido.

   Carrego uma bagagem cheia de histórias, sejam elas inventadas ou não, e aqui narro algumas delas.
   Prazer, Giulia Duarte.

 Tumblr Twitter pessoal Instagram Facebook pessoal