sábado, janeiro 14, 2017

Condicionada sensação.

Quanto tempo faz desde a última vez em que escrevi?
Meu cérebro gradualmente se condicionou à lógica.
Perdi o hábito de colocar palavras não-técnicas em um papel.
Tamanha é a desvantagem do foco doentio nos fins.
A rotina corroeu a sensibilidade amparada pelo tempo.
Eu vi, você sabe?
Mas eu permiti como o preço a se pagar por uma escolha.
Exatas, humanas.
Razão, sentimento.
Nunca gostei dessa dicotomia,
Mas é angustiante descobrir que ela existe.
Onde deixei minha capacidade de reflexão?
Isso é o começo de uma reflexão?
Veja quão raso se tornou meu vocabulário...
Quero sair desse desprezível cenário.
Tentei rimar para parecer espontâneo.
Mas você percebe, né?
Isso aqui é metódico, não é espontâneo não...
A sensação é de estar fazendo uma força enorme para encontrar palavras.
Palavras que por descaso deixei em um porão e foram esquecidas.
Sensação.
Eu escrevi sensação.
Quanto mais tento acessar, mais longe ela fica.
Isso, a sensação.
Qual era o objetivo?
Escrever sobre ter perdido a capacidade de escrever.
São tantos pontos finais bloqueando o acesso.

São muitos.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê seu pitaco nessa postagem também!