domingo, maio 15, 2016

O que o seu signo tem a ver com a sua personalidade?


   Eu quero responder essa pergunta, mas responder certas perguntas não é algo tão simples a ponto de bastar somente o uso da intuição e achismos. Quero que mantenha a mente aberta e acompanhe meu raciocínio, afinal não criarei dogmas.
   Realizei uma pesquisa informal através do twitter citando certas características de personalidade e pedindo para aqueles que se identificassem dessem seu favorite.
[etc] Todos estão no mesmo perfil.

   Não há intenção de dizer em que você deve ou não acreditar, estou sendo imparcial com o objetivo único de responder a essa pergunta.

A história da astrologia:
    "O ramo da astrologia mais popular atualmente, pelo menos no ocidente, foi estabelecido pelos gregos que basicamente fundamentaram algo que já vinha sido desenvolvido pelos babilônios 450 anos antes de Cristo." Desde a antiguidade existe o pensamento de que os astros influenciam no nosso cotidiano, prova disso são os mitos em que os astros são tidos como deuses.

Nossa amostra:

Total: 46 pessoas
Áries: 6 pessoas
Touro: 5 pessoas
Gêmeos: 4 pessoas
Câncer: 5 pessoas
Leão: 2 pessoas
Virgem: 4 pessoas
Libra: 4 pessoas
Escorpião: 3 pessoas
Sagitário: 3 pessoas
Capricórnio: 2 pessoas
Aquário: 3 pessoas
Peixes: 5 pessoas

Nossa planilha completa: 



Destrinchando:
   Fizemos o caminho inverso da astrologia, ao invés de agrupar características por signo, agrupamos signos por características.
   Lógica: Cada signo tem suas características predominantes, logo em cada característica devemos ter um signo predominante.
   Percebemos, pela planilha, que esse padrão não existe.
Exemplo 1: Se certos signos são mais propensos a serem indecisos, por que todos os signos, com exceção de escorpião, apareceram nessa característica?
Exemplo 2: Se touro é o signo que mais gosta de comer, por que não houve predominância dele em relação aos outros signos? Por exemplo, a mesma quantidade de pessoas de áries marcaram essa característica.

   A resposta é simples: Todos nós temos todas as características, como um espectro.

Efeito Forer.

   O psicólogo B. R. Forer descobriu que as pessoas tendem a aceitar descrições de personalidade vagas e generalizadas como se fossem aplicáveis unicamente a si próprias, sem perceber que a mesma descrição poderia se encaixar em praticamente qualquer pessoa. Considere o texto seguinte como se tivesse sido oferecido como avaliação da sua personalidade.

   Forer passou um teste de personalidade para os alunos, ignorou as respostas e deu o seguinte texto, para TODOS, como resultado:
"Você sente necessidade de que outras pessoas gostem de si e o admirem, e ainda assim tende a ser crítico em relação a si mesmo. Embora tenha algumas fraquezas de personalidade, geralmente é capaz de compensá-las. Você tem uma considerável capacidade não utilizada, que ainda não usou a seu favor. Disciplinado e com auto-controle por fora, tende a ser preocupado e inseguro no íntimo. Às vezes tem sérias dúvidas sobre se tomou a decisão correta ou fez a coisa certa. Prefere uma certa mudança e variedade, e fica insatisfeito quando é cercado por restrições e limitações. Também se orgulha de pensar de forma independente, e não aceita afirmações de outros sem provas satisfatórias. Mas descobriu que não é recomendável ser excessivamente sincero ao se revelar para outras pessoas. Às vezes é extrovertido, afável e sociável, embora às vezes seja introvertido, cauteloso e reservado. Algumas das suas aspirações tendem a ser irrealistas."
   A média de aprovação do teste gira em torno de 4,2.

   Ou seja, quando lemos uma descrição de personalidade na astrologia, nosso cérebro tenta, por associação, encontrar nossas próprias características nela, ignorando aquilo que não se encaixa porque o uso de "você é x mas às vezes é y" é uma ótima técnica para te enganar.

Isso não é prova de que não exista influência dos astros na nossa personalidade.
   Concordo plenamente. Não há como eu provar que unicórnios não existem, mas se eles existem e você sabe que eles existem você pode provar que existem. Assim, não há como eu provar que os astros não influenciam nas nossas vidas, mas se você diz que influencia, você deve provar. O que eu fiz foi mostrar que não existem evidências de que a afirmação positiva (Astrologia influencia) seja verídica. O ônus da prova cabe a quem alega.

   Assim, temos a conclusão -através das constatações aqui discutidas- de que possivelmente não existe padrão entre as suas características de personalidade em relação ao seu signo.

Perguntas para a astrologia: (Fonte)
"[...]
 3) Gêmeos monozigóticos possuem características idênticas? Gêmeos geneticamente idênticos possuem comportamentos distintos.
[...]
6) A astrologia tem relação com algum componente genético? Macacos possuem um DNA muito semelhante a nossa espécie. Talvez exista uma astrologia do macaco também. Mas é curioso que a arrogância antropocêntrica não abra espaço para esses estudos. Pois qual motivo da astrologia funcionar para uma espécie e não para outra. Se existe a relação com os genes, vale ressaltar que bananas possuem um código genético mais extenso que o do ser humano. Seria legal poder ler diariamente o horóscopo das bananas. E isso é uma hipótese bem coerente, visto que há evidências que sugerem que metade do DNA dos humanos é semelhante ao das bananas.
 7) Mera coincidência? Dado a quantidade imensa de corpos celestes no cosmos, é improvável não encontrar uma correlação entre um determinado objeto celeste e um evento específico (desastres, posse de reis que modificaram a história, ou até mesmo acontecimentos pessoais). Entretanto, correlação não é sinônimo de causa e consequência.
[...]"
Obrigada a todos que participaram da pesquisa.


Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Por que não levou em conta o mapa astral das pessoas? Existem mapas onde o Sol("signo"), está em posição ou aspecto desvalorizado, por exemplo um taurino com lua e ascendente em libra vai puxar muito mais libra e sua vênus. É realmente muito pouco falar só do signo da pessoa. E como você mesma disse, somos um espectro. Esse espectro é justamente o mapa astral! Afinal normalmente se vê ali diversos signos que compõe a figura. É uma ferramenta de estudo muito mais completa que 12 signos e 12 personalidades. Sobre os gêmeos, há diferença entre eles porque um é o pólo do outro. Agora vou especular: talvez no mapa astral deles há um indicador da personalidade de seu irmão.

    Há de se quebrar o mito das 12 e apenas 12 personalidades. O dia que se nasce também tem uma influência grande, visto que nos aproximamos ou distanciamos mais de certos signos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não discuto se não usar metodologia e lógica.

      Excluir
  2. ConcordO. Além de que a astrologia não molda totalmente a personalidade, são as energias que te influenciam a partir do seu nascimento. Além de existir todo um mapa astral, tem a questão de vivência, genética, etc e toda a parte científica e pscólogica que torna gente quem a gente é, senão seríamos todos iguais. Cada posição da casa, cada signo em cada planeta diz uma coisa, vênus em peixes é diferente de ter nód.v em peixes e etc. Não é só o sol, acho que se analisasse o mapa astral muita coisa aí faria sentido-mesmo o meu tendo batido com meu signo (provavelmente porque meu mapa realmente tem muito dele).-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não discuto se não usar metodologia e lógica.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  4. Gostei muito do seu blog! Apesar de ter uma queda por astrologia, confesso que é muito mais fácil ter características pré-moldadas por signo do que fazer uma análise pessoal incômoda para estabelecer minhas virtudes e pecados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em ler seu comentário!

      Excluir